meditação Yoga desenvolvimento pessoal Primavera espiritualidade silêncio Mafra vegetarianismo auto-conhecimento caminhadas Algarve Inverno Verão budismo Ferreira do Zêzere ecologia Alentejo Abril música Montemor-o-Velho desintoxicação Março saúde desenvolvimento emocional Casa Ervas Silvestres Sintra fim de ano nutrição xamanismo Braga Junho Maio Peter Bampton relaxamento danças Mindfulness mulheres Casa 4 Ventos Paredes de Coura Zen Outono ayurveda consciência amor arte Barcelos Fevereiro Julho Novembro Reiki Agosto Monchique Outubro Tantra Tavira felicidade Kundalini Osho Vila Verde bem-estar stress Astrologia Açores Casa Shanti Janeiro Lisboa Monte Mariposa cursos escrita libertação emocional transformação Arrábida Cascais Dezembro Enxara Minho Palmela Setúbal Tomar agricultura bioenergética casais cura permacultura sexualidade Abrantes Ana Taboada Arganil Grândola Lourinhã Odemira Penafiel Setembro Torres Vedras massagem Alcácer do Sal Aljezur Avidanja Biovilla Casa da Torre Chi Kung Figueira da Foz Gerês Hinduismo Lamego Oliveira do Hospital Retiros Tao Rotas Internas Serra da Estrela Sesimbra Tai Chi Tocha Tsering Paldron Viana do Castelo Vila Nova de Gaia Vila Nova de Poiares Yoga do Riso respiração riso terapias Casa Karuna Casa Raíz Castelo Branco Covilhã Douro Lagos Loulé Lugar da Harmonia Macrobiótica Nazaré Qi Gong Seia Spa Vila Nova de Cerveira cozinha crianças festa mar sentidos taças tibetanas vegan workshop Albufeira Alcanena Alenquer Almancil Azambuja Azeitão Batalha Belgais Biodanza Bragança Castelo de Paiva Ericeira Leiria Madeira Marco de Canaveses Mealhada Monsaraz Mértola Nisa Paulo Borges Pedrógão Grande Portimão Psicologia Sagres São Pedro do Sul TaoTube The Place to Pause Vila Nova de Famalicão Viseu anjos artes marciais constelações homens intuição mandalas purificação retiro urbano trance visão vídeo AcroYoga Alandroal Aljustrel Alvaiázere Ana Banana Arcos de Valdevez Aveiro Avis Beja Bombarral Castro Marim Católico Coimbra Constância EFT Estremoz Fundão Fátima Gavião Gouveia Guincho Incas Lousã Lu Jong Mira Naikan Numerologia Odivelas Oliveira de Frades Ovar PNL Paderne Penamacor Pombal Ponta Delgada Porto Porto Covo Proença-a-Nova Quinta do Lobo Branco Santarém Sever do Vouga Soure São Miguel Tamera Taoismo Tarot Torres Novas Trás-os-Montes Vouzela adolescentes biosound clown crudivorismo famílias florais hotéis jejum kryon luto oração poster professores rebirthing regressão shiatsu Évora Óbidos óleos essenciais

12/07/2014

A Teia. Um retiro "mágico" no Gerês

8 a 10 de Agosto 2014
Quinta Casal do Paço - Arcos de Valdevez - Minho

A TEIA

Teias atravessando o corpo da Terra em teias de micélio, teias atravessando o corpo em forma de fáscia, camadas de teias de emoções e pensamentos. Fios que se tecem e se quebram. Que nos atam e amplificam. e que recriamos com a intenção consciente de como o xamã, tecendo o destino, tecido na interdependencia infinda da teia de relações e reciprocidade ancestral relativamente à terra animada.

A teia é uma imagem presente em todas as culturas ancestrais: desde Penélope e Aracne às Parkas tecelãs do destino; das teias xamânicas dos sonhos e da medicina às teias de ancestrais tribais debaixo da terra; das teias tântricas de relação, espaço e tempo, das teias do subconsciente colectivo de que fala C. Jung às teias da personalidade individual.

A aranha foi o primeiro ser vivo que desenhou a mandala. É símbolo da criatividade - a teia da vida - manifestação da magia de tecer nossos sonhos. Diz-nos que somos infinitos e que continuará a tecer os modelos da vida e vivendo inteiramente o tempo.

A função ecológica do xamã, o seu papel como intermediário entre a sociedade humana e a terra, nem sempre é óbvia, mas é fundamental, sendo a fidelidade primária de um xamã ou feiticeira que cura à teia terrestre de relações em que uma comunidade humana está integrada. O xamã assegura que a relação entre a sociedade humana e a mais vasta sociedade dos seres seja equilibrada e recíproca - circular - e que a comunidade nunca tome à terra viva mais do que o que lhe devolve - não só materialmente, mas com preces, propriações rituais e glorificações extáticas.

BRUXIA propõe a homens e mulheres um mergulho profundo na Teia da Vida, de forma experiencial, ritual e consciente.
Mergulhando numa percepção integral do todo vivo e dinâmico que é cada um de nós no planeta e do impacto concreto de cada escolha e acção tem para nós, os outros, a Terra.
Tecendo como forças criativas curativas Arte, Sexualidade, Magia, Ecologia, atravessando transe xamânico, danças extáticas, criação de rituais, práticas tântricas e meditações dinâmicas.

Um retiro facilitado por Iris Lican e Sara Baga, no sopé da esplêndida Serra do Gerês, no Minho.
Entre morte, vida e transformação, tecendo a própria pele da alma e renascendo mais pleno desta viagem iniciática profunda e tocante.

PROGRAMA:
- A Teia da Vida: reciprocidade ancestral relativamente à terra animada.
- As tecelãs da Vida e do destino: aranhas, parcas e feiticeiras
- A Ecologia da Magia: A relação do ser humano com o seu ambiente natural.
- O Xamã interior: activar o poder de criação intencional mágico consciente
- A roda da medicina
- o círculo: estruturas de relação egualitárias e não hierárquicas em todas as relações
- To all my relations: reflexão dinâmica sobre relacionamentos interiores, familiares, amorosos e planetários
- Earth is my body: fascia, micélio e continuidade
- Movement is my life: o bailarino cósmico, o perpétuo movimento
- A dança de Siva e Shakti: masculino e feminino integrados no indivíduo inteiro
- Danças de transe: purificação e abertura de consciência
- Práticas de Extâse: entrega, rendiçãoe comunhão no rasgar do coração flamejante
- Ritual: dinâmicas de poder com Amor, compaixão, humildade e escuta
- Mãe Terra e a Deusa enquanto Tecelã
- O caminho da serpente: despir a pele da identidade e criar teias de possibilidade
- Sacred Love : amar em extâse a si mesmo, ao outro, à Terra, ao cosmos. Tantra e magia sexual: espirais de poder criativo emanando da vivência da energia sexual pura e criadora.

: viver no presente com magia e cooperação:
- Menos é mais: vivência comunitária simples e baseada apena no essencial.
- Alimentação preparada e partilhada por todos, bem como todas as tarefas de bem estar e logística quotidiana do grupo

Chegada dia 8 pelas 18h, partida dia 10 pelas 17h

RESERVA OBRIGATÓRIA

+ 

Informações/ inscrições:
info@bruxia.eu

Iris : 965143973


Sem comentários: